Publicações

Imprimir

Tributaristas divergem sobre prazo para nova regra do ICMS entrar em vigor

Publicada no Diário Oficial da União da última sexta-feira (17/4), a Emenda Constitucional 87/2015 vai mudar a regra de distribuição Imposta sobre Circulação de mercadorias e Serviços (ICMS) nas vendas de comércio eletrônico. De acordo com a nova norma, a arrecadação será gradualmente transferida do estado de origem para o de destino. Entretanto, especialistas divergem quanto à data em que a emenda começa a vigorar.

Imprimir

Confira os Aumentos de Tributos em 2015

2015 será lembrado como o ano do "ajuste fiscal" (ou seja, do avanço fiscal sobre a receita de empresas e pessoas) e o da retração econômica.

Imprimir

Parabéns à B-seg e equipe MTR Consultoria

B Seg - MTR

É com enorme satisfação que informamos que o Pregão Eletrônico nº 08/2013 - Contratação de serviços de Segurança e Vigilância Patrimonial, através de Vigilância Desarmada, a serem executados nas dependências das Agências da Previdência Social vinculadas à Gerência Executiva do INSS em Blumenau foi vencido pela B-Seg Vigilância com apoio da equipe de licitações da MTR Consultoria Empresarial através de uma excelente defesa administrativa.

Assim, parabenizamos nossos amigos e clientes por essa vitória e esperamos contribuir ainda mais para o crescimento que se faz a cada dia mais eficiente e eficaz.

"NENHUM DE NÓS É TÃO BOM QUANTO TODOS NÓS JUNTOS!”

Imprimir

Senado aprova benefício para pequenas empresas na substituição tributária

O Plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (24) projeto que beneficia pequenas empresas no pagamento de substituição tributária. Segundo o PLS 201/2013, do senador Roberto Requião (PMDB-PR), o pagamento de ICMS sobre produtos ou mercadorias sujeitos à substituição tributária passará a ser em uma única alíquota de 3,95%. A medida é válida apenas para as microempresas e empresas de pequeno porte enquadradas no Simples Nacional.
Imprimir

Demonstrações ampliam possibilidades de negócios

Fabiana Barreto Nunes

Mesmo sem exigência legal, a análise e aprovação das demonstrações financeiras podem abrir portas para a companhia de capital fechado. O ato de analisar e aprovar os balanços anualmente traz benefícios importantes a uma sociedade, como a atração de investimentos estratégicos, a participação em licitações públicas e até obtenção de maior destaque na hora de fusões e aquisições em função da adoção de melhores práticas de governança corporativa, segundo especialistas ouvidos pelo DCI.